Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Menino de 11 anos de idade é consagrado pastor nos Estados Unidos da América.


Menino de 11 anos de idade é ordenado Pastor em Igreja nos Estados Unidos da América

 Em uma igreja localizada no sudeste de Washington, alguns dos cultos para adolescentes são liderados por um pastor Ezekiel Stoddard de 11 anos.
Ezekiel Stoddard foi ordenado pastor na igreja Pentecostal onde sua mãe e padrasto são pastores e, aos 11 anos, vestido com um terno e com sua Bíblia nas mãos fala para adolescentes, vestidos com camisetas em uma reunião da igreja.
Em um sermão intitulado “Não tenha medo”, que foi acompanhado pela agência O Globo, o pastor mirim diz entender que jovens possam ser afligidos por perigos e dúvidas, mas que Deus vai tomar conta deles mesmo que eles O deixem.
A pregação do jovem pastor é intermeada por referências a passagens bíblicas e gritos de amém dos fiéis, entre os quais se destacam os de sua mãe, que da primeira fileira registra tudo em sua câmera filmadora.
Segundo a agência O Globo, Ezekiel faz parte de uma tradição centenária que se mantém ao redor do mundo, e mesmo com os países cada vez mais modernos e sofisticados, pastores mirins continuam a ser objeto de fascinação e debate. No caso de Ezekiel, sua ordenação ocorreu em um ato sancionado pelo estado de Maryland, no mês passado.
Para os céticos tais pregadores são mais motivados pela atenção que recebem e pelo empurrãozinho dos pais do que por Deus, eles questionam ainda se uma criança pode entender a mensagem divina ou os meandros de uma igreja.
Apesar da opinião dos céticos, muitos acreditam que Deus pode falar através de uma criança, como afirma o reverendo Al Sharpton, que começou a pregar quando tinha 4 anos. David Warren, que faz parte do coral que se apresentou na ordenação de Ezekiel na Igreja Plenitude do Tempo também questiona: “Deus pode usar qualquer um, por que não uma criança?”.
As pessoas que convivem com o jovem Ezekiel concordam com Warrem e afirmam que o pastor mirim é comprometido e maduro muito além de sua idade. Sua mãe, Adrienne Smith, que também é pastora afirma: “Ezekiel realmente estuda a Bíblia. Ele irá cruzar referências e irá fundo nas Escrituras”.
O pequeno pastor afirma que Deus falou com ele em um sonho quando tinha 8 anos, mas conta também os problemas que enfrenta por ingressar tão novo nesse ministério. “O mais difícil é quando eu falo (aos amigos sobre Jesus), alguns me deixam de lado e dizem ‘Você não anda mais com a gente’. Mas foi pra isso que Deus nos fez. Não somos cristãos para não vivenciar nada. Deus quer que passemos por tudo para nos fazer mais forte em Sua palavra”, relata.
Ele completa dizendo ainda que as críticas não vêm apenas de outras crianças, mas também de pessoas mais velhas. “Vários adultos me encaram como se eu fosse apenas uma piada – diz, sem soar incomodado. – Mas o que eles precisam saber é que, para mim, não é só sobre me tornar famoso e tudo mais. Para mim, é ministrar o Evangelho. Foi o que Deus me inspirou a fazer”, afirma o pastor mirim.
Fonte: Gospel+ Guia do Planeta

terça-feira, 12 de junho de 2012

Governo do PT pretende proibir pregações religiosas em televisões e rádios.


PT pretende proibir pregações religiosas em rádios e televisões.
De acordo com o portal da Folha de S.Paulo, que afirma ter tido acesso à última versão da minuta do decreto, o pacote foi batizado de “novo marco regulatório da radiodifusão”, tendo como principal polêmica a proibição expressa do aluguel de canais e de horários da programação de rádio e TV.
Governo e PT pretendem impedir a pregação do evangelho no Rádio e TV
Governo e PT pretendem impedir a pregação do evangelho no Rádio e TV
As igrejas evangélicas se beneficiam da atual legislação de telecomunicações, que assegura a liberdade de expressão e não proíbe o aluguel de horários nas grades de programação das emissoras de TV para a divulgação do evangelho.

Leia na íntegra o manifesto enviado pelo Pastor Silas Malafaia aos principais meios de comunicação:
O GOVERNO E O PT QUEREM CONTROLAR A MÍDIA
Por ocasião das eleições em 2010, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou sua opinião sobre o controle da imprensa. Naquela ocasião, exatamente no dia 24/09/10, lançamos um Manifesto à Nação Brasileira, editado nos principais jornais do País sob o título: “Os evangélicos e a Liberdade de Imprensa”.
Destaco aqui o texto principal desse manifesto: “A imprensa livre é fundamental para a manutenção do Estado Democrático de Direito. Só aqueles que querem sustentar ideologias ultrapassadas e antidemocráticas desejam exercer patrulhamento ideológico, cercear garantias individuais da cidadania e tentar colocar mordaça na imprensa”.
Em fevereiro deste ano, o Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, ao falar da dificuldade do Governo em comunicar-se com a nova classe média, afirmou: “O ESTADO TEM DE FAZER UMA DISPUTA IDEOLÓGICA POR ESSA FATIA DA POPULAÇÃO QUE ESTARIA SOB A HEGEMONIA DE ALAS CONSERVADORAS, COMO OS PASTORES EVANGÉLICOS”. Nunca vi uma declaração tão idiota, medíocre, que só pode vir de gente que, por meio da sua ideologia, quer controlar o povo, a imprensa e a mídia em geral pelo poder do Estado.
Nós, evangélicos, não estamos disputando classe social com ninguém. Mas, sim, pregando a mensagem que acreditamos transformar a vida das pessoas para melhor. Isso é fato, e contra fatos não há argumentos. Gilberto de Carvalho, com a repercussão contrária de suas palavras, de maneira hipócrita, pediu desculpas aos pastores.
Agora, estamos vendo a história do novo marco regulatório para as concessões de rádio e televisão, pensado por ideólogos do PT — tais como, José Dirceu, Gilberto de Carvalho e outros — para impedir a compra de espaços em rádio e TV, que, em sua maioria, são comprados por evangélicos. Assim, as emissoras ficam mais dependentes das verbas de Governo, podendo este controlar a informação e a notícia.
Imagine, então, se as linhas de ônibus interestaduais, que são concessão do Governo Federal, somente pudessem vender passagem, e não alugar os ônibus. Da mesma forma, as companhias aéreas, que são concessão, só pudessem vender passagens e não fretar as suas aeronaves. Eu poderia citar tantas outras concessões públicas, mas o fato é que a imprensa precisa estar em alerta. O que corre nas veias dos que defendem o controle da imprensa e o marco regulatório para concessões de rádio e TV é a ideologia comunista da vertente Trotskista, que tem como marca PATRULHAMENTO IDEOLÓGICO, CONTROLE SOCIAL E PROPAGANDA DE ESTADO.
Eu tenho programas em emissoras dos EUA. Mesmo eu sendo um estrangeiro para eles, posso comprar espaços em emissoras de TV da Inglaterra, Alemanha e de outras nações poderosamente democráticas.
Enfim, o povo brasileiro tem de estar atento. Não podemos abrir mão de um ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. É inconcebível o nosso país não ter uma imprensa e mídia livres.
Presidenta Dilma Roussef, não manche o seu Governo com atitudes tão antidemocráticas como essas.
Silas Lima Malafaia
Presidente da Associação Vitória em Cristo e
Vice-Presidente do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil

Menino ressuscita em velório em Belém do Pará.


A Polícia Civil do Pará investiga se houve erro médico na declaração da “primeiro falecimento”, mas, na ilha de Cotijuba, em que o fato ocorreu, há quem diga que foi um milagre ou algo sobrenatural. Havia cerca de 50 pessoas no velório.
Kelvys foi internado em um hospital estadual com febre e falta de ar na sexta-feira (1).À noite, o hospital constatou o falecimento da criança.
A declaração de óbito aponta como causa insuficiência respiratória, broncopneumonia e desidratação.
As cavidades de seu corpo foram tamponadas e Kelvys foi colocado em um “lençol”, que é uma espécie de saco plástico, para depois ser levado à funerária.
Segundo o hospital, ele passou cerca de três horas sem poder respirar.
Durante o velório, segundo a pastora Maria Raimunda Batista, ele “estava se mexendo o tempo todo”.
O pai do menino, o agricultor Antônio dos Santos, diz que por volta das 14h as pessoas presentes começaram a fazer massagem cardíaca em Kelvys, até que ele cuspiu restos de algodão que estavam em sua boca.
Logo depois, diz, o Kelvys sentou no caixão e disse “Pai, água”.
“O povo entrou em pânico, a avó dele desmaiou. O pai e a mãe ficaram muito felizes”, disse a pastora. O menino foi levado ao hospital imediatamente, segundo o pai, mas já chegou sem vida.
Investigação
O pai de Kelvys acredita que ele reagiu aos medicamentos que haviam sido dados no hospital na tentativa de ressuscitá-lo depois que o óbito já havia sido declarado, e por isso acordou no velório.
A direção do hospital afirmou, em nota, que só será possível esclarecer o episódio caso o corpo de Kelvy sseja exumado.
De acordo com a Polícia Civil, a depender dos depoimentos colhidos na fase preliminar da investigação pode ser determinada a abertura de inquérito e feito o pedido de exumação.
O hospital deixou a investigação a cargo da polícia. “Se Kelvys estivesse vivo, ela não ia aguentar ficar tanto tempo tamponado. Por isso que achamos estranho e queremos também uma explicação”, afirmou a diretora do Hospital Regional Abelardo Santos, Vera Cecim.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

A semana na Assembleia de Deus de Bento Gonçalves

Nesta semana temos as seguintes programações na Assembléia de Deus de Bento Gonçalves:


Nas 2ª, 3ª, 4ª e 6ª feiras temos a programação na Rádio Rainha FM 90,9 às 22 hs - ouça e divulgue.